sem título

                                     |1:22|

numa imensidão de pensamentos 

que vem e não vão 

enchi o minha insônia de indagações 

e desejos 

todos imensuráveis, indestrutíveis incompreensíveis 

fazer mais do mesmo pareceu sempre a melhor opção 

pra te ter por aqui 

aquecendo o coração 

porque já foi-se o verão
mas não sei mais se te pertenço 

afinal não sinto que devo te pertencer 

a dúvida não é o problema 

o problema é justamente quando a certeza chega

pra nos fazer contestar tudo 
e contestando eu aprendo que o mundo não está para mim 

que eu que estou para o mundo 

porque o mundo e sua imensidão 

não me deixarão só

como você me deixou 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s