onze

|02:19|

onze dias sem te ver
e não mudaste nada

seu sorriso
brilho
olho
para ti

pens amo(s)
em dali
vinte
anos

peixe
panda
um zoológico
para que ninguém se queixe
que o nome foi impensado

“o que queres?”
“tu”

diálogos súbitos
segredos descritos
como um grande livro
infinito

o infinito
sobrepõe o coração
e brilha

onze dias
e eu continuo me apaixonando
por você

Anúncios

2 comentários sobre “onze

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s